sexta-feira, 10 de julho de 2009

Vinte e um.

Sabe quando o tempo pára? As coisas vão acontecendo, momentos passando, o mundo em constante movimento e parece que nada está ao nosso redor? Freqüentamos os mesmo lugares, com a mesma rotina, as situações engraçadas de sempre, repetindo-se, compelindo-se e, sem perceber, tem gente que vai, tem gente que chega e nós não conseguimos acompanhar a vida.
Conhecemos pessoas novas, mas não reconhecemos ninguém, não vemos ninguém. Tiramos fotos, vamos ao cinema, realiza o maior desejo dos últimos cinco minutos, divertindo-se como nunca. Mas, no instante seguinte, sente fastio daquilo que acabou de viver. Parece que falta algo, alguém.
Não entendemos nenhum dos caminhos que a vida mostra, não conseguimos ver além de nenhum deles se não for o determinado, aquele especial. Esquecemos preconceitos, esquecemos conceitos, preocupações e ocupações, dos problemas corriqueiros. Lutamos para esquecer a realidade e relutamos para esquecer-se de se esquecer e assim, quem sabe, podermos, simplesmente, sonhar.
O tempo pára em um sonho, em um desejo. A vida também é assim: pára na esperança, na espera. Quanto tempo? Talvez milênios, para a evolução; séculos, décadas e anos em revoluções; meses para o amor. No caso de hoje, vinte e um.

27 comentários:

Marília Lage. disse...

Vinte e um. ♥
Ah... como eu te amo, meu amor.

Marcus Gabriel disse...

nem sempre me convém. (;

Marcus Gabriel disse...

Vinte um meses de espera e, sinceramente, posso esperar muito mais por você! Te amo.

Marília Lage. disse...

Passe o tempo que passar, demore o tempo que for, eu sei que é você e sempre será VOCÊ. Eu te amo.

Marcus Gabriel disse...

É incrível, porque eu acredito em você, sei que é verdade é também sinto e lhe prometo o mesmo. Mas toda vez que escuto você dizer, sempre que posso ler estas doces palavras é diferente, é bom. Maravilhoso! ♥

Marília Lage. disse...

Sei bem como é isso, é tudo tão recíproco! E eu terei a minha vida inteira para lhe dizer todas elas e muitas outras.
Minha razão! ♥

Marcus Gabriel disse...

Eu te amo, muito, para sempre! (; Sabe, eu até que tentei contar hoje pela manhã quantas vezes eu cantei o toquei a música Eu Sei Que Vou Te Amar nessa última madrugada olhando as estrelas e sonhando com você. ♥

Marília Lage. disse...

As vezes, você é capaz de roubar todas as palavras da minha boca. ><

'' Eu sei que vou chorar, a cada ausência tua eu vou chorar. Mas cada volta tua há de apagar o que esta ausência tua me causou. Eu sei que vou sofrer a eterna desventura de viver a espera de viver ao lado teu... Por toda a minha vida. ''

Vou te amar para sempre, sempre! ♥

Marcus Gabriel disse...

A música toda é lindíssima, mas esta parte em especial é maravilhosa. Fala muito a mim, são versos que nunca vou me cansar de escutar, cantar, viver. E você sabe porque, não é? Eu te amo muito! ♥

Marília Lage. disse...

Fala muito a mim também, e sei bem o porque! Eu te amo demais, demais! ♥

Marcus Gabriel disse...

Oun. *-* Estou conhecendo outras várias músicas tão bonitas quanto essa. (:

Marília Lage. disse...

Estou vendo. *-*

Marcus Gabriel disse...

Acho que já consigo conversar sobe música com o Nélson Motta sem ficar boiando. '-'

Marília Lage. disse...

Olha só! '-' E isso já é um bom começo.

Marcus Gabriel disse...

Eu pensava que ele era apenas um crítico, mas o cara já fez músicas com o Lulu Santos! o: Não sabia, juro.

Marília Lage. disse...

Isso eu já sabia. Li uma vez na Rolling Stone. Mas... entre o Nélson Motta e o Kid Vinil, prefiro o Kid. (????)

Marcus Gabriel disse...

Mas essa é uma comparação cruel! Não que o Kid seja melhor que o Motta, e nem o contrário. Digo porque o Kid Vinil é o melhor quando o assunto é rock (de todos os tipo e são muitos). Agora, para falar de Jazz, Blues, Country e outras o Nélson Motta é melhor. Ele entende Jazz! Tim Maia, quando algo estava muito confuso, costumava dizer: aí, mano, isto aí tá o maior Zazz! (:

Por falar no Kid Vinil, eu amo a música Até Quando Esperar. Fico louco escutando ela! E daquelas músicas que fazem a frase "falo de drogas e uso rock'n'roll" ter sentido! 8)

Marília Lage. disse...

É, você tem razão. '-'

Eu também amo! Hshduiahdauidui. Às vezes, eu e meu pai colocamos ela para tocar no carro, ficamos loucos cantando alto e empolgando, é demais! *-* Falar sobre drogas e usar rock n' roll. Muito! Muito sentido! 8)

Marcus Gabriel disse...

asodoaodasdoaas Como não empolgar com uma música dessa? @_@ Rock Brasileiro dos anos 80 é o melhor, ninguém tem dúvidas disto. Eu adoro as músicas do Ira! também "Feliz aniversário, envelheço na cidade..." 8)

Marília Lage. disse...

Hhasuidhiodhadahud. Eu também adoro Ira! *-* ''Já não tenho a mesma idade, envelheço na cidade...'' 8) É o melhor, ninguém tem dúvidas disto.

Marcus Gabriel disse...

Rock brasileiro dos anos oitenta não se discute. 8) Eu adoro aquela balada do Ritchie, A Vida Tem Dessas Coisas. Conhece, amor? *-*

Marília Lage. disse...

Acho que não conheço. .-. Canta para mim, amor! *-*

Marcus Gabriel disse...

Bah... '-' Cantar? Ah, ela começa assim "Perdi a hora, mas encontrei vocês aqui. Depois daquela noite eu nunca mais me entendi. Você levou meu coração e robou o meu olhar. Eu sigo cego e infeliz querendo te encontrar p'ra conversar, te convencer, te confessar: eu quero so você. Eu quero só você! iêê, iêê..." Legal, não é? Então, conhece? *-*

Marília Lage. disse...

''iêê, iêê...'' Hsahduisahoddhuid. *---* Acho que conheço sim, mas vou baixá-la também. :9

Marcus Gabriel disse...

dsaoosdoasodas É ótima, baixe sim! (: Também foi o Ritchie que fez a Menina Veneno, amor! *o*

Marília Lage. disse...

Ah, isso eu já sabia. 8) HAHUAHU *o*

Marcus Gabriel disse...

Imaginei que sim. 8)